Comunicado: Liberdade aos presos políticos em Angola, Já!

O Parlamento Juvenil, movimento de advocacia em prol dos direitos e prioridades da juventude, incapaz de se silenciar perante tamanha injustiça, manifesta a sua profunda e o seu absoluto sentido de indignação em relação à prisão arbitrária de 15 jovens activistas Angolanos, entre os 19 e os 33 anos de idade.

Os jovens activistas detidos fazem parte de um grupo de jovens activistas membros da Conferência Africana da Juventude, da qual o Parlamento Juvenil de Moçambique é mentor, facto que nos reaviva a certeza sobre a integridade e o espírito de sacrifício destes activistas em prol de uma Angola democrática.

Leia aqui o comunicado na íntegra AQUI.