Parabéns LUCÍLIO MANJATE

O Parlamento Juvenil, movimento de advocacia em prol dos direitos e prioridades da Juventude emite a presente nota em manifesta posição de congratulação ao Escritor moçambicano Lucílio Manjate pela victória do Prémio referente a 1ª Edição do “Eduardo Costley-White”, com a obra “Rabhia” conforme anunciado pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD).

Este Prémio é para nós de reconhecimento profundo, pois eleva a Moçambicanidade, e tem a particularidade e especialidade de simbolizar o Legado de Eduardo Costley White, um escritor moçambicano de referência na literatura moçambicana contemporânea.

Ao vencer este prémio Lucílio Manjate legitima e fortalece a expressão literária do País e lhe felicitamos pela coragem, e competência de elevar o seu pensamento em representação do País para que seja lido por povos irmãos.

Constitui também, fonte de aproximação cultural e de Pensamento da Comunidade Lusófona e abre novos horizontes de articulação e comunicação entre estes povos para o estabelecimento de uma literatura intimamente conectada ao desenvolvimento não somente em Moçambique, como também na Comunidade Lusófona.

O Parlamento Juvenil, não podia deixar de prestar a sua singela homenagem a este reconhecimento tão especial, porque estamos confiantes de que o Prémio constitui resultado de muito sacrifício em prol da afirmação da expressão literária moçambicana do Jovem Lucílio Manjate.

Uma saudação especial a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) pela brilhante iniciativa.
Saudações revolucionárias!

Juventude, um poder em Moçambique