Posição relativa a sustentabilidade da dívida Moçambicana

Exmo. Senhor

Ari Aisen

Representante do FMI

Assunto: Posição relativa a sustentabilidade da dívida Moçambicana

  1. Queira aceitar antes de mais as nossas cordiais saudações e votos de óptimo trabalho.
  2. O Parlamento Juvenil, movimento de advocacia em prol dos direitos e prioridades da Juventude, vem acompanhando com elevada preocupação a concessão de mais um financiamento no qual o Governo de Moçambique se apresenta como avalista, na ordem de 156 milhões de dólares americanos e concedido pelo Exim Bank da China, para a viabilização da empresa STAR TIMES no âmbito da migração digital.

 

Considerado que,

  1. Desde a adopção em Dezembro de 2010 do padrão tecnológico europeu da migração digital DVB-T2, da criação da Comissão para a implementação da Migração Digital (COMID) e da elaboração da Estratégia de Migração de Radiodifusão analógica para Digital[1], este processo tem sido marcado por um secretismo que põe em causa a confiança dos cidadãos capaz de fortalecer a credibilidade do Governo de Moçambique;

[1] Em seguimento as recomendações do Concerto da UIT em 2006 em Genebra que estabeleceu 2015 como o prazo para o apagão do sinal analógico em todo o mundo e o início da era digital. CONTINUE AQUI!